Moogle Nest

Thursday, December 18, 2008

Top 5 Medos de Filmes de Terror

Eu gosto de filmes de terror. Assim, bastante. Mas depende do terror: terror sobrenatural me assusta horrores enquanto os de matança descontrolada e rios de sangue me divertem mais do que festival de sushi de graça. Terror sobrenatural classifica-se como O Grito, O Chamado and so on. Venho por meio desta postagem classificar meus maiores medos provindos de filmes de terror, para mero lembrete a minha pessoa.

1.
Fechar o olho durante o banho. Acredite se quiser, eu tenho pavor disso. Sempre que vou tomar banho, eu passo a mão no sabonete, fecho os olhos e limpo a cara toda. Fico sem poder enxergar por uns meros 30 segundos (que é o tempo de lavar tudo). Desde que assisti o maldito Grito e vi a cena da mulher e a mão saindo da cabeça, eu criei este medo insano.
2.
Tv desligando sozinha. Digam o que quiserem, O Chamado me mata de medo. Aquela menina é o demônio, pra mim. E eu tenho mania de dormir com a tv ligada, então sempre programo o Sleep para uns 15 ou 30 minutos (dependendo do meu cansaço). Acontece que às vezes eu programo e não durmo, e fico lá no escuro vendo tv. Então, o Sleep exerce sua função e voilá. Me cago de medo everytime.
3.
Cabelo no ralo. Eu tenho muitos fios de cabelo. Tipo muitos. Quando lavo o cabelo, é só passar o pente que saem tufos e tufos (e mesmo assim continuo com muito cabelo). Então imaginem meu ralo durante o banho. Pois é, eu apenas imagino porque não abaixo a cabeça pra ver. O Grito me deixou assim.
4.
Assassinos no banco de trás. É sempre assim: eu entro no carro de noite/madrugada, tranco as portas e olho no retrovisor. E passo pelo menos metade do caminho até minha casa ou destino final olhando no retrovisor pra garantir que não tem ninguém atrás. Provém de ver Jogos Mortais (filme que eu gosto muito e não me assusta, me diverte, mas mesmo assim...), com a cena na qual Amanda, vestida de porquinha (;D), sequestra outra vítima para Jigsaw se escondendo no banco de trás. Isso sem contar os inúmeros serial killers cujas histórias já fiz questão de ler que se escondiam em bancos de trás.
5.
Dormir descoberta. Vamos ao medo mais bizarro de todos. Eu não durmo sem coberta. De forma alguma, de maneira alguma, sob nenhuma circunstância. Pode estar o calor que for, eu me cubro nem que seja com uma seda egípcia. Provém de - pasme - Jovens Bruxas quando a mocinha do filme é pseudo-atacada por milhares de bichos (cobras, insetos e outras coisas nojentas). Desde então eu acho que, sem minha coberta do poder, eu serei atacada pelos tais. Antigamente eu dormia totalmente coberta (sim, a cabeça também). Depois passei a descobrir a cabeça e finalmente passei a dormir com uma perna descoberta. Assim é até hoje, mas sempre COM a coberta.

Labels:

1 Comments:

  • Cara, essa de dormir coberta sempre eu tambem faco...Soh que nao sei o motivo, soh sei que da agonia ficar descoberta. E pra mim o edredon eh importante. Acho que sou mais estranha. XDDD
    O resto eh ateh interessante, principalmente olhar pro banco de tras, vou comecar a fazer. XD

    By Anonymous Minny, At 9:38 PM, December 25, 2008  

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]



<< Home